365 motivos para amar Salvador

25 de março – Soteropolitano do Porto da Barra

Por Carol Andrade

Maurício Tavares mora no Porto da Barra há 15 anos (Foto: Luana Amaral/365 Salvador)

Maurício Tavares mora no Porto da Barra há 15 anos (Foto: Luana Amaral/365 Salvador)

Maurício Tavares pode até ter nascido no Ceará, mas é quase um soteropolitano. Além da certidão de nascimento com registro em Salvador, o professor de comunicação já mora no Porto da Barra há 15 anos.

Figura carimbada nas areias da praia, Maurício faz tudo que precisa por perto. Mercado, restaurantes, serviços, Shopping Barra, e até o trabalho, na Ondina, toda sua vida acontece na região sem grandes problemas de deslocamento. Afinal, carro é o último plano para quem mora nesse charmoso bairro.

Amizade, esporte e tranquilidade nas disputadas areias do Porto da Barra (Foto: Luana Amaral/365 Salvador)

Tem amizade, esporte e tranquilidade nas disputadas areias do Porto da Barra (Foto: Luana Amaral/365 Salvador)

Como um bom morador do Porto da Barra, a rotina é muito mais intensa durante o dia e, se puder, aproveitando o máximo que a praia tem a oferecer. A minha impressão é de que a relação com a areia é mais forte do que com o mar. Afinal, dá para praticar os famosos futevôlei, frescobol, altinha, tomar uma gelada, e ainda fazer muitas amizades. Porque por mais turística que seja a praia, no fim, quem reina são os frequentadores fiéis.

A arquitetura do bairro também é encantadora, com prédios geralmente baixos, com design dos anos 50 e 60, fugindo da paisagem urbana e plastificada dos novos bairros que giram em torno dos grandes shoppings. Tem aquele charme de bairro tradicional, turístico e aconchegante.

Maurício curte a praia do Porto praticamente todos os dias (Foto: Luana Amaral/365 Salvador)

Maurício curte a praia do Porto praticamente todos os dias (Foto: Luana Amaral/365 Salvador)

Com uma orla movimentada, o bairro ainda abriga o Farol da Barra, o Forte de São Diogo, o Forte Santa Maria, um grande hospital, muitas pousadas e hotéis e lojinhas. E a noite também é animada por barzinhos que estão espalhados para além da orla. Estão em outras partes do bairro como no Jardim Brasil, Jardim Apipema, e nas ruas Afonso Celso e Marques de Leão: uma boa opção para quem não aguenta mais a noite do Rio Vermelho.

Uma coisa interessante é pensar na renovação dos moradores do bairro. Apesar de ser um bairro antigo, este é um lugar que acolhe gente de todas as idades sem frescura ou preconceitos. Para mim, o soteropolitano da Barra, ou do Porto da Barra, é clássico, mas sem perder a modernidade. Curte praia, curte festa, mas está muito bem acomodado no centro da cidade e não precisa ir muito além da Barra para viver tranquilo.

* Com mais uma semana temática, a ideia dessa vez é homenagear aqueles que fazem essa cidade ser o que ela é: os soteropolitanos. Esse especial está dentro das comemorações de aniversário de Salvador, que completa 464 anos no dia 29 de março. Até a próxima segunda-feira (1º de abril), vamos apresentar sete bairros sob a visão e a rotina de um morador.

motivo #84

This entry was written by carolangom and published on March 25, 2013 at 4:04 pm. It’s filed under Especial Soteropolitano and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post.

One thought on “25 de março – Soteropolitano do Porto da Barra

  1. Pingback: 1º de novembro – Baía de Todos os Santos | 365 motivos para amar Salvador

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: