365 motivos para amar Salvador

9 de abril – Biblioteca Central dos Barris

Por Carol Andrade

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Prepare-se que o post de hoje traz muitas curiosidades. Isso porque a nossa maravilhosa Biblioteca Pública do Estado da Bahia, apelidada carinhosamente de Biblioteca Central dos Barris, leva nas costas 183 anos de criação. Essa velha senhora completa, em 2013, 184 anos de existência e é muito mais que uma biblioteca, é ainda cinema, teatro, espaço infantil, galeria e muito mais.

É até difícil começar a justificar a importância que essa biblioteca tem para a nossa cultura. Mas é só te contar que em meio a um acervo de 120 mil obras, pelo menos a metade dele é constituído de obras consideradas uma raridade. Mas tudo bem já que essa é a primeira biblioteca da história da América do Sul. Já imaginou a responsabilidade?

Os seus primeiros anos de vida são meio conturbados, parece até história de novela mexicana. Tudo começou no Pelourinho, em uma antiga livraria dos Jesuítas, bem na Catedral Basílica, ficando até 1900. Depois foi transferida para o Palácio do Governo, na Praça Municipal. Mas em 1912 sofreu seu primeiro incêndio. Das tantas obras que a biblioteca já guardava, só restaram apenas 300. Passou por uma reforma e foi reinaugurada no mesmo local até que, muitos anos depois, em 1961 sofreu um novo incêndio.

A mudança de estrutura foi acontecer em 1970, já no prédio dos Barris, mesmo lugar até hoje. Pra você ter uma ideia da imensidão do que é a nossa Biblioteca, eu te digo: são cinco andares, duas salas de cinema (Walter da Silveira e Alexandre Robatto), uma galeria (Pierre verger), um teatro (Espaço Xisto Bahia), sem contar a biblioteca infantil. E o pavilhão do seu acervo foi estruturado para guardar até 3 milhões de obras!

Também nem preciso dizer que o lugar é ótimo para colocar a leitura em dia, pesquisar, estudar, organizar as ideias. Afinal, com a paz e o silêncio que – às vezes – só uma biblioteca é capaz de oferecer, não tem coisa mais saudável para a mente do que se desconectar do mundo e mergulhar nas letras. Para quem é entusiasmado com livros, coleções, arte e cultura, uma biblioteca como essa é tudo que precisamos para escapar da rotina maluca que vivemos.

Dos maiores destaques temos uma seção especial de obras em braille, um setor riquíssimo com acervos de jornais (datados desde 1808), revistas e periódicos raros, outro de Cultura Baiana e ainda uma seção de audiovisual. Mas é na seção infantil que a Biblioteca realmente se orgulha, afinal, tem um acervo imenso e ainda promove atividas e oficinas para os pequenos.

+ infos:
Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Endereço: Rua General Labatut, 27 – Barris
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 09 às 21h e Sábado das 09 às 12h
Tel: (71) 3117-6000

This entry was written by carolangom and published on April 9, 2013 at 8:02 pm. It’s filed under esconderijo, Soteropolitanidades and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post.

One thought on “9 de abril – Biblioteca Central dos Barris

  1. Pingback: 23 de dezembro – Espaço Cultural da Barroquinha | 365 motivos para amar Salvador

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: