365 motivos para amar Salvador

1º de julho – Gabinete Português de Leitura

Por Carol Andrade

(Foto: Divulgação/Gabinete Português de Leitura)

(Foto: Divulgação/Gabinete Português de Leitura)

Muita gente, o tempo todo, caminha apressada pelo centro da cidade. Há quem passe pela Praça da Piedade que não olhe pros lados, mas tem aqueles que não conseguem ignorar a imponência do Gabinete Português de Leitura.

O prédio, construído entre os anos 1915 e 1918, fica de frente para a praça e ocupa um pequenino quarteirão (a pracinha que fica em frente ao shopping Center Lapa pertence ao Gabinete). O estilo é o neomanuelino – um modelo arquitetônico genuinamente português – e o edifício é cheio de arabescos delicados, com muitas janelas e ‘molduras’ nas portas.

Foi projetado pelo arquiteto italiano Alberto Barelli e construído pelo mestre de obras português Pinto Parente. Ao lado da sacada, uma espécie de varanda, duas estátuas representam o poeta Luís de Camões e o explorador e navegador Pedro Álvares Cabral.

Os dois parecem observar a vida lá fora, enquanto tomam conta do prédio. São como dois guardas de prontidão protegendo um tesouro. E não deixa de ser. É que muito antes da inauguração daquele prédio que a gente conhece, o Gabinete Português de Leitura já existia em outra sede. Isso quer dizer que em 2013, o equipamento completa 150 de história (juntando a antiga e a nova sede).

Por lá, funciona a Biblioteca Infante D. Henrique com um acervo enorme (cerca de 30 mil obras literárias) não só de obras portuguesas, mas de outras línguas.  São poesias, romances, e até sermões do Padre Antônio Vieira, além de contos, novelas, biografias, história e geografia de Portugal e países colonizados.

Inclusive, desde quando foi criado, um dos objetivos do Gabinete era este: adquirir o maior número de obras reconhecidas e escritas nos idiomas português, francês, entre outros. Por lá também é possível encontrar clássicos brasileiros, como obras de Jorge Amado, Lima Barreto, Machado de Assis, Monteiro Lobato, José de Alencar, José Lins do Rego e Érico Veríssimo.

Além da biblioteca, o Gabinete abriga o Centro de Estudos Portugueses – Casa Fernando Pessoa. E apesar de parecer reservada, calma e, de certo modo, discreta, a instituição promove diversas atividades culturais e é considerada um centro cultural bem ativo em Salvador. Alguns cursos como redação e gramática ou redação e interpretação são ministrados por lá também. Daqueles lugares surpreendentes e obrigatórios para conhecer! Que tal planejar uma visita em um dia de folga?

+ infos:
Endereço: Praça da Piedade S/n, São Pedro
Tel: (71)3329 5758 / 3329 2733
e-mail: gplsalvador@gmail.com
Site: Gabinete Português de Leitura

motivo #182

This entry was written by carolangom and published on July 1, 2013 at 11:34 pm. It’s filed under instituição and tagged , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post.

3 thoughts on “1º de julho – Gabinete Português de Leitura

  1. Nara Holler on said:

    Sempre admirei a beleza da arquitetura do Gabinete Portugues. Vou marcar uma visita! Observe o 4º parágrafo do texto… não entendí o final. 1918: O prédio ainda nãocompletou 1 século!

  2. ¿Puedes aportar mas informacion?, ha sido maravilloso encontrar mas explicaciones sobre este tema.

    Saludos

    casa rural ademuz http://www.casaruralantiga.com/casa-rural-para-grupos-valencia

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: