365 motivos para amar Salvador

2 de julho – Independência da Bahia

Por Carol Andrade

Foto: Carol Garcia/Secom

Foto: Carol Garcia/Secom

Esta é a nossa data mais simbólica e marca o que muitos consideram como o momento mais importante da nossa história. O Dois de Julho é dia para comemorar uma vitória do nosso povo e da nossa independência. Existem historiadores que acreditam que a Independência da Bahia foi mais relevante do que o ato pacífico da proclamação da Independência do Brasil por Dom Pedro I, às margens do Rio Ipiranga, em setembro de 1822.

Foram muitos meses de confronto. Os conflitos começaram antes do Sete de Setembro, mas só foram terminar no ano seguinte, depois de muito sangue e muita luta. As maiores referências daquele tempo são as nossas heroínas Maria Quitéria, Joana Angélica e Maria Felipa, o coronel José Joaquim de Lima e Silva e o general Labatut. E para quem se pergunta onde o caboclo e a cabocla se encaixam, a gente explica: eles representam cada um dos baianos guerreiros, representam nossa gente.

Voltando à história, os especialistas acreditam que sem esta guerra, o Brasil seria completamente diferente. É muito provável que teríamos uma separação entre o norte e o sul. Mas acontece que estamos aqui, juntinhos, e em um outro momento histórico cheio de luta também, né?

Bom, aqui na Bahia, é feriado municipal, relembrando o Dois de Julho, data que marca o fim da luta, com vitória dos brasileiros contra a dominação portuguesa. Como já é tradição, no dia anterior ao feriado, uma chama simbólica vem de Cachoeira para Salvador, passando por muitas cidades do Recôncavo Baiano (a região foi cenário fundamental para a organização dos brasileiros na época da guerra).

Hoje, logo cedo, às 6h, uma alvorada de fogos acontece no Largo da Lapinha, dando início ao nosso famoso cortejo. Entre flores, fogos, grupos de percussão e manifestações culturais, o cortejo tem destino à Praça Campo Grande, mais especificamente ao monumento central da praça, que representa a nossa luta.

O dia é de muita festa, muita alegria. Além do amado feriado (que neste ano prolongou o fim de semana), as homenagens levam centenas de pessoas às ruas de Salvador. Muitas famílias se juntam aos políticos, atletas, além de oficiais da Marinha, Aeronáutica, Policia Militar. É um ritual importante, que deve ser relembrado com carinho e festa, do jeito que a gente sabe fazer. Também é um dia para pensar na garra e na força que o povo baiano – e brasileiro – tem. Vamos pra rua!

motivo #183 (olha só que dia importante: chegamos à metade do ano!)

This entry was written by carolangom and published on July 2, 2013 at 7:34 am. It’s filed under festa, Soteropolitanidades and tagged , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post.

One thought on “2 de julho – Independência da Bahia

  1. Pingback: 20 de setembro – Feira da Primavera | 365 motivos para amar Salvador

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: