365 motivos para amar Salvador

19 de julho – Lambreta na Mouraria

Por Carol Andrade

Foto: Reprodução/ Blog Mouraria Salvador

Foto: Reprodução/ Blog Mouraria Salvador

Hoje chegamos ao 200º dia do ano, dá pra acreditar? Como o dia é especial, a comemoração tem que ser à altura! Pra começar, a data calhou de cair em plena sexta-feira, o dia mais feliz da semana, e por isso, nada melhor que sair direto do trabalho para um dos lugares mais tradicionais da cidade quando o assunto é lambreta: a Mouraria.

Ao longos desses dias, a gente já percebeu que nem só do Rio Vermelho vivem os boêmios da cidade. A noite ferve ainda no Imbuí, na Pituba e na Barra, mas uma das mais modestas e animadas fica mesmo na Mouraria, bem no centro da cidade. A ideia é se jogar durante a semana, quando o movimento está mais intenso por conta do happy hour, que começa já a partir das 17h.

É que os frequentadores dos bares da Mouraria tão acostumados a emendar a faculdade ou o trabalho na programação da noite. E quando o movimento está bom, é comum esticar o horário até as duas da manhã (os bares encerram o expediente geralmente à meia-noite). Por isso, se preferir tranquilidade melhor ir no sábado.

Entre os barzinhos do lugar, o mais famosos é o Koisa Nossa, que abrigava o antigo bloco carnavalesco Os Internacionais. Tem gente dos antigos carnavais que até hoje confunde os nomes. O bar funciona há mais de 30 anos e é especializado em frutos do mar, mas o carro-chefe é mesmo a lambreta, servida de modo tradicional (com cebola, coentro, salsa e cebolinha). Além do petisco tradicional, o bar ainda oferece outras versões do marisco, além de outros pratos, como o escondidinho de carne charque, por exemplo. Na vizinhança outros bares como o Lambreta.com e o Arena da Lambreta também disputam a concorrência.

Em meio à tradição e as deliciosas lambretas, o que fica a gosto do freguês é mesmo o valor. Afinal, o preço da dúzia do petisco vai baixando consideravelmente de bar em bar. Do mais famoso ao mais escondido, o bar tem aquele clima de boteco e aconchego que a gente tanto gosta. O que vale é juntar a turma e cair na curtição.

E para quem não curte lambreta ou frutos do mar, não tem problema, pertinho você vai encontrar uma baiana de acarajé. E na maioria das vezes, muitos ambulantes circulam pelas mesas vendendo amendoins, entre outras mercadorias. Se juntar a noitada com uma cervejinha gelada e os amigos ao lado, a comemoração dos 200 dias que já passaram e os próximos 165 que vêm pela frente já está feita.

+ infos:
Funcionamento:
Koisa Nossa: 17h à 0h (segunda a sexta); 12h às 21h (sábado) e fecha domingo
Lambreta.com: 17h à 0h (segunda a sexta); 12h à 0h (sábado) e 12h às 19h (domingo)
Arena da Lambreta: 16h à 0h (terça a sexta) 11h às 0h (sábado) e 11h às 18h30 (domingo); fecha segunda

motivo #200

This entry was written by carolangom and published on July 19, 2013 at 11:35 pm. It’s filed under noite and tagged , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post.

2 thoughts on “19 de julho – Lambreta na Mouraria

  1. Pingback: 22 de agosto – La Napoletana | 365 motivos para amar Salvador

  2. Pingback: 19 de setembro – Don Papito | 365 motivos para amar Salvador

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: