365 motivos para amar Salvador

25 de julho – Piriguete

Por Carol Andrade

Piriguete 3 por 5 (Foto: Luciano Matos)

Piriguete 3 por 5 (Foto: Luciano Matos)

Piriguete 3 por 5: essa talvez seja a maior propaganda de toda a história desta cidade. Fato é que a tal frase já está tão naturalizada entre nós, que nem chama tanto atenção. Mas ‘perai’, você sabe que eu tô falando de cerveja né? Bom, se você nasceu em Salvador e nunca viu uma plaquinha com essa frase de bobeira pelo Carnaval ou qualquer festa de rua, então não dá para se considerar soteropolitano.

É que não existe outra forma mais soteropolitana de vender cerveja do que essa. Mas não é qualquer cerveja. É a piriguete, a versão mais compacta das tradicionais latinhas. Seja Skol ou Nova Schin, o que interessa mesmo é que essa a gente bebe mais rápido, ou seja, curte a cerveja enquanto ela ainda está gelada. Não tem melhor argumento que esse, tem? Com lógica ou não, qualquer um em meio a uma multidão e um calor desgraçado se convence logo, logo de que faz o maior sentido preferir a pequena.

Entre piriguetes, latinhas e latões, o combo de três por cinco (e às vezes até quatro por cinco) sai mais em conta e anima a rodada entre amigos, já que todo mundo garante a sua, sem precisar ficar dividindo com ninguém. Na teoria é lindo, tem até clima mais comunidade, mais social, só que na prática o risco de todo mundo ficar bêbado mais rápido do que deveria é bem alto. Mas tudo bem, no fim, é sempre cerveja e se o objetivo é cair na gandaia pra valer não vai ser por conta do tamanho das latas, né?

As piriguetes são apenas uma das muitas maneiras que a gente encontrou para a explorar a nossa autenticidade. A origem do termo não é formalizada, e pode ter aparecido em meio às letras de pagode dos anos 2000. Reza a lenda que a palavra vem de ‘perigo’, ou ‘à perigo’. Pro blog, o importante não é da onde veio e quem são as chamadas piriguetes (até porque tem uma questão forte de gênero aí que é muito mais complexa), mas as adaptações originais do termo. A cervejinha é uma das mais criativas denominações de piriguete. Mas tem uma outra, a versão masculina do termo: pirigueto, já ouviu?

Na terra de alguns dos mais famosos publicitários do país, os soteropolitanos já passam batidos pela célebre “3 piriguetes por 5”. E como meia palavra já basta, é possível encontrar por aí novas (e mais curtas) variações como “3 por 5”. Todo mundo entende porque já é da casa. E, por todos os argumentos lógicos ou sem sentido, sim, as piriguetes são as nossas preferidas.

motivo #206

This entry was written by carolangom and published on July 25, 2013 at 11:18 pm. It’s filed under Soteropolitanidades and tagged , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post.

One thought on “25 de julho – Piriguete

  1. Pingback: 31 de dezembro – admirar Salvador pela janela | 365 motivos para amar Salvador

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: