365 motivos para amar Salvador

27 de julho – Bistrô PortoSol (Austro-Húngaro)

Por Carol Andrade

O austríaco Reinhard Lackinger é o legítimo taverneiro austríaco do Bistrô PortoSol (Foto: Reprodução/Facebook)

O austríaco Reinhard Lackinger é o legítimo taverneiro austríaco do Bistrô PortoSol, ao fundo a decoração do lugar (Foto: Reprodução/Facebook)

A casa abre rigorosamente às 18h37 e fecha às 24h59. No cardápio temos salsichas, mostardas fortes, chucrute, saladas, gulasch, queijos, cerveja, vinhos e drinks. Nas paredes, cartazes de filmes antigos e muitas fotos de figuras ilustres como Che Guevara, Marilyn Monroe, Audrey Hepburn além de um modesto aquário com peixinhos que fazem a vez de uma vitrine. No banheiro, várias mensagens educativas e imagens ensinando a lavar as mãos. O Bistrô PortoSol é daqueles únicos, especiais, escondidinhos e cheios de esquisitices. É provavelmente o único especializado na cozinha Austro-Húngara em Salvador.

A história começa com o austríaco Reinhard Lackinger, que vive no Brasil desde 1969. Depois de anos nutrindo uma saudade da culinária do seu país, só em 2002, ao lado da mulher, Maria Alice, resolveu abrir seu próprio restaurante. Em uma estreita rua que desemboca no Porto da Barra, o Bistrô PortoSol até parece um esconderijo. É um pequeno lugar, com mesas de plástico na calçada, com preços não muito convidativos, mas que reserva uma das noites mais bacanas da cidade quando o assunto é experiência gastronômica e cerveja gostosa.

Os petiscos Queijo CIgano e Montanhês, com menos da metade do salsichão e o molho de mostarda ao lado (Foto: 365 Salvador)

Os petiscos Queijo Cigano e Montanhês, com menos da metade do salsichão e a mostarda forte ao lado (Foto: 365 Salvador)

A cerveja é Bohemia, mas pode ganhar um requinte que faz toda a diferença. De acordo com o paladar de Reinhard, a bebida é muito doce, por isso, resolveu acrescentar no cardápio uma possibilidade extra para quem prefere saborear uma Bohemia mais encorpada. Virou uma espécie da bebida batizada, com um toque a mais de lúpulo. Uma gotinha da essência é pingada em um pequeno copo e misturada a alguns dedos de cerveja. Depois basta harmonizar os copos com a misturinha. Com esse sabor a mais, a bebida sai por uma média de R$10.

De petiscos, o mais pedido é o Montanhês, famosos salsichão com mostarda bem forte, que custa em média R$23. Mas o bistrô ainda serve outras entradas como o Queijo Cigano (da Hungria) ou o Antipasto Antivampiro (da Romênia). Para os pratos principais estão carnes, gulasches e chucrutes, mas ainda há opções vegetarianas.

Rigor higiênico no banheiro (Foto: 365 Salvador)

Rigor higiênico no banheiro (Foto: 365 Salvador)

A dica do blog é chegar e pedir ajuda ao taverneiro, assim você evita uma cara de frustação de Reinhard ao ouvir seus pedidos. Aliás, esta é uma atração a parte: os taverneiros.

Enquanto Maria Alice aparece sempre muito sorridentes e amigável, o austríaco tem um ar um tanto quanto intimidador, mas dá para perceber logo que é amigo dos clientes fiéis. No geral, o atendimento é simpático, mas existem algumas regras. É difícil, por exemplo, pedir cerveja sem ao menos um aperitivo.

Outra atração é a ida ao banheiro. Preste atenção ao rigor higiênico do local. Pois no Bistrô PortoSol, o banheiro é limpo de meia em meia hora com direito a assinatura atrás da porta e tudo mais.

O ambiente também é dos mais agradáveis, especialmente em noites frescas (já que o lugar é um pouco abafado). Com um jazz ou uma música italiana dos anos 50 de fundo, aproveite para observar as fotografias de grandes ícones do cinema, da música e da política dos anos 60. É para comer e apreciar.

+ infos:
Funcionamento:  18:37 às 24:59 (terça-feira a sábado)
Endereço: Rua César Zama, 04 Porto da Barra – Barra
Telefone: 71 3264 – 7339
Bistrô PortoSol: Facebook e Site

motivo #208

This entry was written by carolangom and published on July 27, 2013 at 7:32 pm. It’s filed under esconderijo, noite, Paladar and tagged , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post.

2 thoughts on “27 de julho – Bistrô PortoSol (Austro-Húngaro)

  1. Pingback: 2 de agosto – Dubliners Irish Pub | 365 motivos para amar Salvador

  2. Pingback: 16 de agosto – Box do Alemão | 365 motivos para amar Salvador

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: