365 motivos para amar Salvador

31 de julho – Teatro Gamboa Nova

Por Carol Andrade

Foto: Reprodução/Facebook

Foto: Reprodução/Facebook

Assim como o Teatro Castro Alves e o Vila Velha, o Gamboa Nova mora bem no centro da cidade. O endereço é mais simples que os outros grandões, mas a gente pode considerar que bem ali na Gamboa de Cima com vista (pelo menos nos fundos) para o mar e vizinho a um dos restaurantes mais pomposos da cidade, o Chez Bernard, o pequeno teatro é de um charme artístico sem tamanho.

Com programação sempre atualizada, o Gamboa é daqueles que não gostam de parar no tempo, talvez por alguns traumas causados por longos períodos fechados. Sua história, que começou em 1974 é cheio de altos e baixos, o que torna o teatro mais próximo ainda da nossa realidade soteropolitana. Em julho de 2013, completa seis anos como Gamboa Nova e comemora sua retomada de atividades.

Criado em meio a ditadura militar, passou os anos 70 especialmente em rigorosa censura. Já nos 80, em meio a momentos de sucesso, chegou a enfrentar o esquecimento. Mas tristeza definitivamente não é o clima do teatro, que está sempre muito colorido e sempre de peito, coração e braços abertos para os artistas independentes.

É que um dos princípios do lugar é não cobrar pauta dos espetáculos independentes. Isso quer dizer que toda a bilheteria (fixa com os valores de R$20 e R$10) é entregue ao artista, além do aparato técnico que é disponibilizado sem nenhuma taxa. Demais, né?

Pequenino, o Gamboa Nova tem 78 lugares para a plateia e geralmente é frequentado por uma galera que ama arte ou que está ligada à cena teatral da cidade. Por lá já passaram espetáculos de Fernando Guerreiro e Marcio Meirelles, e até um show de estreia da cantora Zizi Possi. Desde que foi reaberto, em 2007, com direito a reforma e nova direção de Maurício Assunção, é difícil ver o lugar com agenda em branco.

Com semana sempre completa, os espetáculos – shows de música, monólogos, duos, entre outros – rolam de quarta a domingo. O melhor é que dá para curtir uma peça bem baratinha e de forma intimista e aconchegante. E ainda dizem que a cidade não oferece nenhuma programação cultural durante a semana, pode uma coisa dessas?

Nesta quarta e amanhã, na quinta, quem abre a semana e o mês da casa é o espetáculo Amnésis – Uma Busca Intencional pela Lembrança. Também dá pra conferir a exposição do espetáculo A Ave, na Galeria Jayme Figura, que fica no Foyer do Gamboa Nova. E como já é tradicional por lá, antes da peça, o teatro exibe um curta dentro do projeto CineGamboaNova.

+ infos:
Site: Teatro Gamboa Nova
Facebook: Teatro Gamboa Nova

motivo #212

This entry was written by carolangom and published on July 31, 2013 at 8:50 pm. It’s filed under teatro and tagged , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post.

One thought on “31 de julho – Teatro Gamboa Nova

  1. Pingback: 10 de agosto – Theatro XVIII | 365 motivos para amar Salvador

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: