365 motivos para amar Salvador

8 de setembro – Beco dos Artistas e Beco da Off

Por Carol Andrade

Beco da Off (Foto: Reprodução)

Beco da Off (Foto: Reprodução)

“A Bahia é gay” era uma das frases mais repetidas durante a Parada Gay. Ela estampava faixas e tava na boca dos cantores e apresentadores que agitavam o desfile em cima do trio. Pelo menos, foi isso que vi na última vez que fui, há uns dois anos. Não deve ter mudado, afinal a cada ano o evento reúne mais e mais pessoas, mais cores, mais alegria. Em meio a um dia tão simbólico como este, o blog traz algumas opções para curtir pós-Parada. São os principais becos gays da cidade: o Beco dos Artistas e o Beco da Off.

No Garcia, a Avenida Cerqueira Lima ficou conhecida como Beco dos Artistas por reunir muitos intelectuais e artistas. Estrategicamente próximo de grandes teatros, o Beco dos Artistas ganhou seu primeiro bar no final dos anos 70. Era o francês Jacques Frelicot que comandava o velho La Bohême. Pequeno e aconchegante, com decoração rústica e original, o bar começou a atrair um público que queria curtir a noite, mas quase não tinha dinheiro pra gastar. Do primeiro bar, outros foram surgindo e o movimento também foi crescendo.

O Beco dos Artistas passou por muitas fases, chegou a funcionar só para almoço, chegou a atrair empresários locais pelo seu preço sempre em conta. Outros bares foram surgindo além do La Bohême, como o Cactus (que começa a atrair o público GLS), e ainda o Bar de Raimundo e Bastidor. Nos anos 90, o lugar recupera seu público noturno e vira uma referência para a classe artística, até que volta a uma fase de declínio. Com o bar Conexão Arco-Íris, fundado em 1996 e aberto até 2002, o Beco dos Artistas ganha novo conceito diferenciado.

O lugar vai perdendo um pouco a cara do improviso com este bar que era um capricho só. Jornais do dia e livros eram disponibilizados para os clientes, além da decoração e das festas que eram uma diversão à parte. A história do Beco dos Artistas foi naturalmente se transformando, entre fases mais felizes e outras em baixa, mas o público homossexual foi encontrando naquela pequena ruela transversal à Avenida Leovigildo Filgueiras, a principal do bairro, um lugar divertido, barato e de acolhimento.

Uma característica faz parte desses quase 40 anos de história: é um lugar barato e simples. Não está no seu melhor momento, tudo bem, mas ainda atrai um público que quer se divertir com pouco ou quase nenhum dinheiro no bolso. Passou por uma revitalização em 2010 e hoje funciona às quartas, sextas e sábados. Ganhou shows de transformistas e chegou a flertar com outros públicos, mas o clima ainda é de diversidade e a atmosfera é muito popular. É diferente do Beco da Off, que conta com um público LGBT mais descolado e “moderninho” da cidade.

O Beco da Off ganhou esse nome por conta de umas das boates mais tradicionais da cidade quando o assunto é público gay: a Off Club. Depois de um tempo em reforma, a boate retorna com festas animadas e divertidas em uma pequena rua transversal da Marquês de Caravelas, na Barra. Além da paquera, o melhor do beco é a vista para o mar.

O clima mais aberto e agitado da Rua Dias D’Ávila (nome oficial do Beco da Off) é ainda mais gostoso porque os bares espalham suas cadeiras e mesas na calçada. Como é uma rua sem passagem de carros, é possível curtir a noite tranquilamente por ali.

A clientela também pode curtir shows de transformistas, DJs (algumas festas contam com convidadas baphônicas) ou só música ao vivo. Além da Off Club, outros dois bares são os principais do Beco da Off: a creperia La Bouche e o bar e restaurante Farol Tropical. Às quintas-feiras tem show de uma das drag queens mais famosas da cidade, Valerie O’Hara. A noite é um sucesso tanto para turistas, quanto para os soteropolitanos.

Veja uma reportagem sobre o Beco dos Artistas feita em 2010, sobre a revitalização do Beco dos Artistas:

+ infos:
Trabalho de dissertação de Pós Graduação de Andressa de Freitas Ribeiro (De Avenida Cerqueira Lima ao Beco dos Artistas: um espaço de sociabilidade GLS)
Beco dos Artistas: Facebook
Off Club: Site

motivo #251

This entry was written by carolangom and published on September 8, 2013 at 4:29 pm. It’s filed under festa, noite and tagged , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: