365 motivos para amar Salvador

17 de setembro – Farmárcia Soares da Cunha

Por Carol Andrade

Ambiente retrô na farmácia pioneira da homeopatia em Salvador (Foto: 365 Salvador)

Ambiente retrô na farmácia pioneira da homeopatia em Salvador (Foto: 365 Salvador)

Estantes e prateleiras de madeira, piso de ladrilho hidráulico e frasquinhos espalhados pelo ambiente dão uma atmosfera retrô à farmárcia que fica na Rua Ruy Barbosa. Vizinha de sebos, antiquários e da Rua Chile, a Soares da Cunha é mesmo antiga e carregada de memórias. Sua história começa em 1918, mas foi em 1931 que a farmácia ganhou o endereço onde a gente conhece hoje.

Fundada pelo médico Alfredo Soares da Cunha, o lugar virou até locação para o filme Dona Flor e Seus Dois Maridos (no trailer dá pra ver uma cena na farmárcia!), de Bruno Barreto. Na ficção, o marido careta de Dona Flor, Teobaldo, trabalhava na antiga farmácia. Mas história de filme mesmo é a do próprio fundador. Ainda jovem, Alfredo ficou viúvo e com oito filhos. Era um comerciante bem sucedido e curioso quando o assunto era homeopatia. Esse interesse foi despertado por velhos livros do pai sobre a homeopatia. No meio dos estudos, decidiu cursar medicina e foi para o Rio de Janeiro.

Com isso, vendeu todas as as lojas e abriu um consultório. Já com diploma de médico e de volta a Salvador, começou a viver uma história de sucesso, curando os mais desenganados dos pacientes com a homeopatia. Mas, como nem tudo são flores, Dr. Alfredo passou a sofrer ameaças e denúncias da Faculdade de Medicina, que alegava que ele era um charlatão. O médico chegou a ser preso por conta de uma ordem que alegava práticas ilegais da medicina. Recorreu a muitos advogados da época, mas nenhum quis defender seu caso. Sem alternativa, redigiu ele mesmo sua defesa.

Mas foi por conta de um juiz, amigo do governador da época,  J.J. Seabra, que o caso tomou novo fôlego. Doente e desenganado por todos os médicos, a última opção do juiz foi recorrer ao prisioneiro. A Faculdade de Medicina concordou, acreditando que com o enfermo sem chance de recuperação, Alfredo Soares da Cunha abandonaria de vez essa história de homeopatia e medicina.

Detalhes do ambiente e da fachada, sem placas, ou sinalização (Fotos: 365 Salvador e Reprodução/Google Street View)

Detalhes do ambiente e da fachada, sem placas, ou sinalização (Fotos: 365 Salvador e Reprodução/Google Street View)

Esperto, o médico pediu que todos assinassem um documento alegando que o juiz estava desenganado e não teria cura, pelo menos, não com alopatia. O resto da história já dá para imaginar, certo? Sim, o juíz não só ficou curado rapidamente, como o governador passou a defender com unhas e dentes o médico homeopata. Aos poucos, Alfredo Soares da Cunha enfrentou preconceitos e foi ganhando notoriedade em Salvador. Entre irmãos e filhos, o grupo que segue a medicina homeopática fielmente virou um dos mais tradicionais da cidade.

Hoje a Soares da Cunha é uma rede e funciona ainda na Barra, Pituba, Canela e Imbuí, como farmácia e loja de produtos homeopáticos. Quem comanda o grupo já há alguns anos é a neta de Alfredo Soares da Cunha, a médica Maria Amélia, que atende seus pacientes no segundo andar da antiga casa. Sem placa ou qualquer sinalização, é na casa número um da Rua Ruy Barbosa que funciona desde sempre a farmácia pioneira em homeopatia.

O médico Alfredo Soares da Cunha foi um fiel discípulo do fundador da doutrina homeopática no mundo, Samuel Hahnemann. Hoje, produtos variados também são vendidos na rede como o  Vapor Nasal de Souci, que é um descongestionante nasal, a Loção de Thuya, um hidratante que ajuda a eliminar manchas da pele, e a Loção de Calêndula, que alivia queimaduras de sol e assaduras de criança.

+ infos:
Grupo Soares da Cunha: Site

motivo #260

This entry was written by carolangom and published on September 17, 2013 at 4:35 pm. It’s filed under instituição, Serviço, Soteropolitanidades and tagged , , , , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: