365 motivos para amar Salvador

3 de outubro – bolos caseiros

Por Carol Andrade

Bolos deliciosos produzido pela família Lemos e vendidos na Graça e na Paralela (Foto: 365 Salvador)

Bolos deliciosos produzido pela família Lemos e vendidos na Graça e na Paralela (Foto: 365 Salvador)

Há sete anos seu Eutichio Lemos bate ponto na Graça, acompanhado da sua filha, Mirla. Ele abre o porta-malas do carro e exibe os bolos feitos especialmente pela sua mulher, dona Suézia. Não tem quem resista e ele garante que só sai de lá depois que vende tudo. E quando não vende tudo? “Sempre vendi tudo, nem que eu saia às 20h30”, disse.

Os bolos têm sabores variados e são vendidos por R$6. Ele justificou o preço pelos ingredientes. “Nosso bolo não tem conservante, e todos os materiais são de primeira qualidade. Pode servir à criança e à idoso. Tudo aqui é natural”, explicou. Orgulhoso, seu Eutichio é só elogios à esposa: “tudo que ela faz é gostoso. É uma cozinheira de mão cheia”.

A história da família é parecida com muitas espalhadas na cidade. Depois de uma crise financeira, sem emprego por conta da idade, Seu Eutichio resolveu levar adiante uma sugestão de um sobrinho. Enquanto dona Suézia desenvolvia seus quitutes, ele e a filha tentariam vender na rua. Deu certo. Hoje a família tem dois pontos: a partir das 16h, na Graça, e pela manhã na Paralela, passando pelas concessionárias. “Os vendedores são loucos por nosso bolo, é o café da manhã deles”, disse.

Pai e filha, seu Eutichio e Mirla, vendem os quitutes  produzido pela "cozinheira de mão cheia" dona Suézia (Foto: 365 Salvador)

Pai e filha, seu Eutichio e Mirla, vendem os quitutes produzido pela “cozinheira de mão cheia” dona Suézia (Foto: 365 Salvador)

E o mais amado dos bolos? “Eu posso trazer qualquer sabor: cenoura, formigueiro, chocolate, carimã, mas não pode faltar um aqui na Graça: o bolo de aipim. Quando acaba, os clientes reclamam”, completou. Mirla acabou confessando que o preferido dela é o de carimã, enquanto seu Eutichio se derrete pelo de cenoura e chocolate.

Eles contaram que os bolos são tão famosos que tem cliente que leva até para fora do país. “Esses bolos já chegaram na Itália e Alemanha”, contou seu Eutichio. “Tem um cliente que mora no Rio de Janeiro que só gosta do bolo que a gente faz. Ele encomenda a todos os parentes que vão visitar”, completou Mirla.

Além dos bolos, eles vendem pastel salgado, pastel doce, mas os bolos são mesmo imbatíveis. E o vendedor garante que ao contrário de muitos por aí, eles usam manteiga, aipim selecionado e tudo fresco.

Durante a conversa, a união da família chama atenção. Pai e filha passaram por um susto em fevereiro deste ano, durante o carnaval. “Sofremos um acidente feio. Fiquei muitos dias na UTI do Hospital Geral do Estado”, contou Seu Eutichio. Mirla relembrou o fato nos mostrando o estado que ficou a porta do carro, uma das principais ferramentas de trabalho da família. “Uma moto atravessou o sinal vermelho e bateu com tudo na porta do motorista”, disse. Eles disseram que por conta do acidente ficaram cinco meses ausentes da Graça e só há pouco tempo retomaram os trabalhos.

Por aqui a gente deseja saúde e sucesso à família Lemos, batalhadora como muitos soteropolitanos espalhados por aí (ou vai dizer que você é daqueles que acha que baiano é preguiçoso?). Enquanto isso, Salvador nos revela histórias e novas tradições. Bolo caseiro da terra? É bom demais.

motivo #276

This entry was written by carolangom and published on October 3, 2013 at 7:52 pm. It’s filed under Paladar, Serviço, Soteropolitanidades and tagged , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: