365 motivos para amar Salvador

28 de outubro – RedeMoinho Cooperativa

Por Vitor Villar*

"Tão importante como saber o que está comprando, é saber quem está vendendo", diz um dos lemas da cooperativa (Foto: Divulgação)

Consumidores na sede da RedeMoinhos Cooperativa (Foto: Divulgação)

A Bahia é cheia de alimentos típicos e de sabores maravilhosos. É o caso do cacau no sul, do licuri no sertão, da jaca no recôncavo… Também somos um estado cheio de agricultores familiares, e que acabam esquecidos pelos clientes por conta da “interferência” dos grandes empresários. Será que garantir o acesso a esses produtos, e de quebra, valorizar os pequenos agricultores, é uma missão tão difícil assim?

Não para a cooperativa solidária RedeMoinho. A entidade, sediada em Salvador, estabelece uma “ponte” para que clientes e agricultores dialoguem para um comércio mais justo. Através de reuniões e viagens, os associados entram em contato com a realidade dos produtores, que por sua vez, entendem as necessidades dos compradores. E o melhor: sem a intermediação de nenhum grande empresário. O que garante um preço final mais justo para os clientes e garante o lucro justo para os agricultores. Que beleza, né?

(Foto: Divulgação)

“Tão importante como saber o que está comprando, é saber quem está vendendo”, diz um dos lemas da cooperativa (Foto: Divulgação)

A ideia surgiu diante da vontade de voluntários da capital em ajudar os agricultores do interior, e também, pelo cansaço de pagar preços injustos por produtos de procedência duvidosa nos supermercados por aí.

Por isso, não é qualquer produto que pode entrar na RedeMoinho: a exigência é muito grande! Participam apenas produtores que trabalhem em comunidades, que respeitem a natureza durante o cultivo e que preservem os trabalhadores, sem qualquer tipo de exploração. Esses são os princípios norteadores do chamado “Consumo Responsável”.

Na cooperativa, é possível comprar de tudo um pouco: desde produtos típicos, como milho para mugunzá, farinha de licuri, doce da jaca, até alimentos diversos, como iogurtes, geleias, arroz, mel, doce de leite, chocolate, frutas diversas, açúcar, biscoito… A Bahia é mesmo uma terra em que plantando tudo dá!

Para conhecer mais ou encontrar os produtos desta rede, basta visitar a sede da cooperativa, no bairro do Santo Antônio ou visitar o site (ambos abaixo). Vale a pena conhecer e divulgar a iniciativa!

* Vitor foi convidado pelo blog para postar um motivo pelo qual ama Salvador. Ele também já escreveu sobre Gripe Ziriguidum, Passeio na Orla da BarraMulher de SalvadorComprar roupa barataSalada SalvadorFonte Novao clássico BaxVi, o São João no Pelô, a Academia ChampionCafé Terrasse, ‘Ivis’ e ‘Lá Ele’ e greve ao som de Edson Gomes.

+ infos:
Endereço: Rua do Passo, 62 – Bairro Santo Antonio, na mesma casa da Organização Permacultura e Arte e da Cooperativa Rango Vegan
Tel: (71) 8601 9181
E-mail: cooperativa.redemoinho@gmail.com
Site e Facebook

motivo #301

This entry was written by carolangom and published on October 28, 2013 at 2:31 am. It’s filed under compras, Paladar, Serviço and tagged , , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: