365 motivos para amar Salvador

6 de novembro – Amado

Por Carol Andrade

A vista para a Baía de Todos os Santos é um dos detalhes mais especiais do Amado (Foto: Divulgação)

A vista para a Baía de Todos os Santos é um dos detalhes mais especiais do Amado (Foto: Divulgação)

Foi preciso esperar 11 meses para escrever sobre o Amado porque, para isso, a primeira parcela do 13º teria que dar o seu ar da graça. E tinha que ser logo assim, no começo do mês, com a conta ainda levemente recheada. O Restaurante Amado é para poucos. Mas é impressionante como quase sempre está cheio. Praticamente engolido pela Baía de Todos os Santos (aliás, não custa nada repetir que estamos em uma semana especial de aniversário da Baía), o Amado é definitivamente um dos mais deliciosos e sofisticados motivos para amar esta cidade.

Há quem pergunte se o Amado é tudo isso mesmo que dizem. Além da elegância da decoração e a vista linda, o serviço é mesmo impecável? A comida é realmente uma maravilha dos deuses? Sim, é. É tudo isso e um pouquinho mais. Este é o tipo do restaurante para ser apreciado em ocasiões especiais e sem a menor pressa. O único defeito é ser inacessível para tantas pessoas. Mas certamente isso não é um problema para o próprio estabelecimento, já que faz parte do conceito ser um lugar diferenciado. Comandado pelo chef Edinho Engel, o lugar foi premiado como o melhor restaurante e o melhor entre os restaurantes de comida contemporânea da cidade segundo a Veja Salvador de 2013.

Não tem como negar todos os méritos do lugar. Das entradas às sobremesas, uma refeição no Amado é um espetáculo culinário. O cardápio é dividido entre Pescados & Frutos do Mar, Caças, Aves e Massas. Um dos pratos mais caros traz a lagosta como protagonista e custa uma média de R$130. Mas outros, mais baratos (uma média de R$60), são tão deliciosos quanto criativos, como a pescada-amarela em crosta de castanha-de-caju com caruru, purê de banana-da-terra e arroz selvagem ou a famosa paleta de queixada guarnecida de abobrinha, berinjela, abóbora e mandioquinha grelhadas. Água na boca? Então espere pelas sobremesas.

A cheesecake do sertão promove uma explosão de sabores com calda de umbu e leite de cabra na receita. Mas há ainda mousses, sorvetes, tortas, rocambole de doce de leite e outras tantas opções. É para se esbaldar, sabe? E de preferência com uma boa companhia, já que o lugar tem um requinte todo romântico. Na adega, espaço para cerca de 2500 garrafas e a equipe de maîtres e sommeliers estão sempre à postos para servir dos mais exigentes aos mais inexperientes.

Localizado na Praia da Preguiça, ali na Contorno, o restaurante foi projetado em um antigo trapiche. A decoração aproveitou, por exemplo, os antigos arcos de pedras. Algumas esculturas, plantas e flores, e a iluminação perfeita fazem do ambiente um casamento perfeito com a proposta do restaurante: ser elegantemente contemporâneo. Mas, claro, que o melhor fica com o deck que avança sobre o mar e a vista inacreditável. Vizinho da Bahia Marina, é possível ver embarcações de todos os tipos atracadas na Baía. Imagina no pôr do sol? Esse visual é a maior obra de arte do ambiente e o restaurante parece ter plena consciência disso.

Mas acho que tudo vai depender do seu estilo. Se você é exigente, gosta de comer bem, quer um almoço ou um jantar realmente especial, então vai amar. Se você faz o estilo pé na areia, cadeira de plástico, não liga para demora, então pode se sentir um pouco desconfortável com o ambiente. Isso sem mencionar a conta. A depender dos pedidos, a conta pode chegar facilmente a um salário mínimo ou até mais. Uma coisa é certa, cada real gasto neste restaurante é uma experiência inesquecível.

+ infos:
Site: Restaurante Amado
Veja Salvador: Amado
O Blog Onde Comer em Salvador conta a experiência de um jantar no Dia dos Namorados

motivo #310

This entry was written by carolangom and published on November 6, 2013 at 9:16 pm. It’s filed under arquitetura, Baía de Todos os Santos, Serviço, vista and tagged , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: