365 motivos para amar Salvador

14 de dezembro – Praia da Boa Viagem

Por Carol Andrade

E em dias mais tranquilos, a água fica cristalina (Foto: Reprodução/Angelo Carlos Ronchi/Panoramio)

E em dias mais tranquilos, a água da Boa Viagem fica cristalina (Foto: Reprodução/Angelo Carlos Ronchi/Panoramio)

Uma das praias mais movimentadas da Cidade Baixa, a Boa Viagem encanta pela simplicidade e beleza. Dela é possível apreciar uma das mais completas vistas de Salvador e a Baía de Todos os Santos. Uma vista panorâmica. Com águas tranquilas, quase nenhuma onda, e algumas pedras, a praia é perfeita para curtir com a família inteira, se jogar nos esportes aquáticos e no banho de mar.

Com areias douradas e estreitas, se dividia até pouco tempo atrás entre as barracas de praia e o mar. Mesmo sem as barracas, uma coisa não mudou: o preço mais justo dos petiscos e bebidas. O que inclui os famosos acarajés e abarás, peixinho frito e outros mariscos. Para quem gosta de praia e não quer ou não pode pagar muito caro, esse é um programa mais em conta.

Com um comércio bem mais barato que outras praias urbanas da cidade, como a Praia do Flamengo, por exemplo, virou uma praia frequentada especialmente por moradores da região, mas ainda atrai uma galera de outros cantos de Salvador. Naturalmente, no fim de semana fica supercheia, com uma atmosfera bem popular. Por isso, a dica para aqueles que preferem curtir o combo sol e mar na tranquilidade é visitar a Boa Viagem durante a semana.

A Boa Viagem encanta pela simplicidade e beleza  (Foto: Reprodução/Angelo Carlos Ronchi/Panoramio)

A Boa Viagem encanta pela simplicidade e beleza (Foto: Reprodução/Angelo Carlos Ronchi/Panoramio)

Um programa bacana é aproveitar o dia todo pelo bairro. No passeio, dá para visitar a Igreja da Boa Viagem, aquela que é famosa por ser o ponto de chegada da Procissão Marítima do Bom Jesus dos Navegantes, no primeiro do ano.  Depois visitar o Mont Serrat e emendar o pôr do sol incrível na Ponta do Humaitá.

Minha mãe que morou na Cidade Baixa durante a infância e a adolescência contou que a Boa Viagem era o equivalente ao que o Porto da Barra é hoje. Cheia pra caramba, com esse clima de piscina natural, era a mais disputada na região. Isso nas décadas de 50 e 60.

Não dá para dizer que a Boa Viagem é a mesma daquela época. Hoje o clima descontraído, sem muita regra, onde o som alto e a farofada são permitidos dominam o lugar. Mas uma coisa a gente já entendeu: ela continua disputadíssima no fim de semana e uma delícia pra cair na água e refrescar desse calorão.

Para curtir com a família inteira!

+ infos:
Acompanhe o monitoramento da qualidade das praias de Salvador: Inema
CidadeBaixa.com: Praia da Boa Viagem

motivo #348

This entry was written by carolangom and published on December 14, 2013 at 4:00 am. It’s filed under Baía de Todos os Santos, praia, programa família and tagged , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: