365 motivos para amar Salvador

Um alô de São Paulo

pdfFiquei feliz com a repercussão da minha coluna na Revista B+ de fevereiro (pra quem não leu, dá pra ver aqui!). A ideia era mostrar um pouco do que foi a minha relação com Salvador em 2013 e escrevi, assim como escrevi ao longo do projeto, com o coração. Nunca recebi tantas mensagens queridas e tantos puxões de orelha como dessa vez. O debate é importante.

Alguns dizem que é impossível parar de falar mal de Salvador, outros se sentem inspirados. Confesso que assumi uma posição mais indiferente aos que insistem sobre a cidade ser a pior de todas. Sei as maravilhas que conheci e os momentos que vivi, sei que Salvador vale a pena. E estou com saudades. Para quem não sabe, estou vivendo em São Paulo por uma temporada e está tudo muito bem. Mas claro, queria me dar o capricho de comer um acarajé completo com coca-cola e dormir com o barulho do mar.

This entry was written by carolangom and published on February 18, 2014 at 9:36 pm. It’s filed under 365 e mais um pouquinho and tagged , , , , . Bookmark the permalink. Follow any comments here with the RSS feed for this post.

5 thoughts on “Um alô de São Paulo

  1. There is not middle stay. Either you love Salvadior or you hate it. I used to hate it and now I do love it. You must get used to it and understand that Salvador is a town being devorated by the globalization, the corruption, easy and fast bussisnes and most of the soteropolitanos have forgotten what a CIDADE MAGIA meant. I doubt Salvador will recover one day altough I would like to teach my kids that this place is magic and has so much potential in culture and lazer… I am sorry, I hope you soteropolitanos and me strangeiro one day may change things and enjoy all the amazing places this blog has mentioned in peace and joy. Salvador has lost its inocence and its the perfect field for the strongest, try to survive as much as you can. How many of you went to the Por de Sol this new year eve?.

  2. Lindete Souza on said:

    Arrasssooouuu !!!!!!!
    bjos
    Lindete Souza

  3. Adorei o texto da revista! Parabéns!
    Vi um compartilhamento no facebook, li, me encantei, me lembrei da expressão “já fui banda mel”, fui pesquisar de onde surgiu, que me trouxe até o seu blog e que me trouxe, agora, até aqui!
    Nasci no interior da Bahia, fui estudar em Salvador e faz um ano que voltei pra minha cidade… Hoje vivo entre a saudade do caos e da alegria de Salvador e a vida doce que tenho aqui… Seu texto me fez rir lembrando da Capital onde eu passo as férias! Que alegria!

  4. Serio que você foi no museu de arte moderna de salvador e danificou o patrimônio publico escrevendo antix na parede? Volta pra sua terra! Já tirei print do Instagram da antix e salvei.

    • Oi Barbara, tudo bem?
      O Museu de Arte Moderna da Bahia tem uma oficina sempre aos fins de semana para crianças e quem quiser interagir. Eles montam um painel gigante que é um quadro branco especialmente para quem quiser pintar.🙂
      Jamais danificaria um patrimônio público de Salvador, nem de lugar nenhum!

      beijo,
      Carol

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: